Como Sair De Um Relacionamento Abusivo Em 4 Passos

0
132
views
violência em relação abusiva

Baixa autoestima – a base dos relacionamentos abusivos

A primeira coisa que se deve saber sobre relacionamento abusivo é que ele só se tornou abusivo porque as pessoas envolvidas nele têm baixíssima autoestima.

Isso quer dizer que a base inconsciente dessa “união” é a baixa autoestima e não o Amor.

Preciso explicar isso melhor.

Como se livrar de Relações Abusivas

A Lei da Atração que diz “semelhante atrai semelhante” está ensinando que as frequências e vibrações que formam o sistema energético humano atraem frequências e vibrações semelhantes.

Essas frequências são mantidas e sustentadas pelo inconsciente e é um processo invisível e totalmente vibracional, ou seja, você só percebe seus efeitos após algum tempo.

Uma relação baseada em baixa autoestima é cheia de jogos de dominação, tortura psicológica e maus tratos.

Relação abusiva

No entanto, a pessoa que tem baixa autoestima não percebe esse jogo de dominação , pois ela tende a ser condicionada a enxergar apenas as seguintes situações:

  • Que a outra pessoa pode ser a sua última chance para ser feliz;
  • Que não é boa, bonita ou capaz de ser amada por outra pessoa a não ser ele.
  • Que, apesar de tudo, ele a ama, pois o sexo é sempre maravilhoso.
  • Que não conseguirá viver sem ele
  • Que se a relação não é feliz a culpa é dela porque fez e faz muitas coisas erradas e ele tem razão de agir como age.

E assim, ela segue tecendo sua vida em prol da vida do outro, esquecendo de si mesma e acreditando que não terá outra chance para ser feliz.

Uma relação assim segue para o caminho do abuso e até da violência física.

violência em relação abusiva

Grande parte dos crimes passionais estão ligados à baixa autoestima que está disfarçada em ciúmes doentios, raivas por contrariedade e sensações de insegurança.

Autoestima é algo tão sério que pode destruir a vida. No entanto, os olhares nunca se voltam para a causa real que é invisível aos olhos, e sempre ficam em torno apenas dos seus efeitos.

A baixa autoestima é o fator invisível que está por trás de todo relacionamento abusivo.

Para sair de um relacionamento abusivo é preciso seguir os seguintes passos:

Passo 1 – Reconhecer que se tem baixa autoestima.

O Reconhecimento é a base para a mudança. Reconhecer que tem autoestima baixa é o começo para mudança.

Passo 2 – Trabalhar arduamente para melhorar a autoestima

Após o reconhecimento do problema é essencial buscar formas de melhorar a autoestima, existem muitas práticas que podem ajudar nesse processo (veja aqui).

Em casos mais graves será necessário buscar ajuda profissional.

Passo 3 – Busca ajuda e contato com familiares para ter apoio para sair do relacionamento

Quem passa por uma relação com base na baixa autoestima sabe que ocorre o afastamento dos familiares.

Nessa hora é recomendável buscar contato e apoio deles para se sentir com mais força para a efetiva saída da relação.

Passo 4 – Se não houver sinais de violência ou agressividade, aproveitar o momento de agressividade ou traição do parceiro para justificar a decisão de terminar.

No caso de não haver sinais de violência ou agressividade que ponham em risco a integridade física, o ideal para terminar é aproveitar alguma atitude de deslize do outro para se retirar.

É comum uma pessoa de baixa autoestima aceitar tudo do outro parceiro, traições, maus tratos, desrespeito, humilhações. (Veja mais sobre esse comportamento aqui)

estratégia relação abusiva

No entanto, quando uma pessoa começa a melhorar a sua autoestima, começa a perceber as oportunidades para sair da relação sem parecer que seja uma decisão “infundada”. Ela começa a utilizar uma estratégia inteligente.

É uma forma de não despertar a ira do outro, o que no caso de uma relação com sinais de violência, poderia motivar violência seguida de morte, tendo em vista que os feminicídios ocorrem dentro do lar e entre cônjuges.

Esses não são os únicos passos, poderíamos detalhar muito mais, mas serão os primeiros para o início de uma libertação e da construção de uma nova vida a partir da decisão de melhorar a autoestima.

Autoestima elevada é vida! Lembre-se sempre disso!

By Hypatia

O Segredo Relacionamentos